• Página Inicial
  • Palestra
  • Como correu...
  • Herói da semana
  • Vilão da semana
  • Entrevista
  • Renovações de contrato

    09/09/2012
    Imagem

    Hulk. O Incrível já rumou à Rússia mas ainda continua a dar que falar. E hoje, urge fazer-lhe referência pela necessidade de lembrar o alto vencimento que recebia. As qualidades inegáveis, a fé que lhe era depositada e toda a importância que lhe era dada faziam com que Hulk recebesse o salário mais alto do plantel. É fácil de perceber a proporcionalidade direta entre esta relação de causa-efeito. Um jogador produz x, por isso merece receber x. Não é uma relação linear, pois depende de muitos outros e variados fatores, no entanto, numa visão simplificada, é assim que se pode entender e medir os níveis salariais de um plantel. Com a venda de Hulk, o dinheiro disponível para salários aumentou, possibilitando, ao FC Porto, uma revisão da folha salarial atual. Consequentemente, e como já começou a ser noticiado, deverão começar a existir renovaçõs de contrato, alterando vários parâmetros como o salário que o atleta aufere, a data de término do contrato, os benefícios que o jogador ao fim de um jogo ou de uma época e, talvez uma das mais importantes hoje em dia, a cláusula de rescisão.



     Silvestre Varela, uma das grandes referências do plantel portista no ano de Villas-Boas e o extremo mais velho do plantel, viu o seu contrato ser revisto, prolongando o vínculo do atleta até 2016. Segue-se Christian Atsu, a pérola ganesa da cantera portista. Atsu, de 20 anos, que esteve emprestado ao Rio Ave no ano transato, chega ao plantel azul e branco com vontade de triunfar, demonstrada a cada vez que entra para mostrar serviço. Dono de umas enormes capacidades técnicas e físicas, Atsu começa agora a despontar e, por isso, torna-se necessário renovar o contrato tendo em conta a importância que poderá assumir no plantel. Para além de lhe ser aumentado o vencimento, o jogador deve também ser blindado por uma cláusula de rescisão que afaste os grandes tubarões da Europa.

     São estas diretrizes que conotam as renovações de contrato de uma grande importância. Por um lado, a possibilidade de blindar o atleta e de o poder manter durante mais tempo. Por outro lado, a confiança que é transmitida ao jogador aquando da renovação, oferecendo-lhe um papel mais preponderante na equipa. Essa confiança que, por vezes, pode ser o incentivo necessário à explosão do jogador e que se tornam tão importantes numa equipa pejada de jovens como o Futebol Clube do Porto. Link do texto Texto escrito por Nuno Margarido em cooperação com o Fórum FCPorto24.


    Link do texto
    Texto escrito por Nuno Margarido em cooperação com o Fórum FCPorto24.

    0 comentários:

    Publicar um comentário