• Página Inicial
  • Palestra
  • Como correu...
  • Herói da semana
  • Vilão da semana
  • Entrevista
  • Como correu...: Rio Ave 2x2 FC Porto

    30/09/2012


    Um desastre. Não há melhor palavra para se descrever este empate em Vila do Conde. O azzul considera que esta imagem representa bem o que foi o jogo de hoje: um Rio Ave aguerrido, com muchas ganas, como se costuma dizer, e um Moutinho a simbolizar a falta de vontade do Futebol Clube do Porto em acelerar o jogo ou mesmo jogar para um resultado volumoso.

    Todos os adeptos estavam à espera de um jogo difícil. Apesar da última vitória ter sido esmagadora, esta deslocação fora não se previa nada fácil para a equipa azul e branca. Apesar de tudo, confiantes na equipa e no crescimento de forma que começava a demonstrar, a vitória acabava por se tornar num objetivo claro.

    O jogo começou lento, com os Dragões a quererem mandar no jogo e o Rio Ave fechado lá atrás, procurando explorar o contra ataque e a velocidade dos seus homens da frente. Ao Porto faltava criatividade na frente de ataque, vacilando sempre na definição do último passe ou na procura de espaços. Já o Rio Ave, bastante mais incisivo, ia aproveitando alguns ataques para levar perigo à baliza de Helton. 

    Perto da meia hora de jogo os Dragões aceleraram o jogo, começando a criar várias rupturas na defesa vilacondense. E foi precisamente numa jogada de entendimento entre a equipa visitante que James sofre a falta que viria a dar o golo. Um livre perigoso, exemplarmente marcado pelo jovem colombiano, e... golo! Miguel Lopes, de cabeça, na recarga após defesa do guarda redes do Rio Ave, ao livre de James. O relógio  marcava 34' e o FC Porto tinha finalmente conseguido beijar as redes da equipa vilacondense. Quando se esperava um maior aproveitamento dos espaços, agora que a equipa da casa teria que abrir o seu jogo, tal não se verificou, mantendo-se o placar inalterado até ao intervalo e o FC Porto sem se mostrar preocupado em aumentar a vantagem.

    No início da segunda parte, pudemos assistir a um Rio Ave renovado, com uma nova alma, com vontade de ganhar o jogo. Porém, e apesar do espaço nas costas que concediam, os Dragões nunca souberam definir bem o último passe, demonstrando, ao mesmo tempo, uma atitude passiva para com o jogo. Aos 79', um erro crasso de Maicon, permite a Tarantini empatar o jogo. Se os adeptos já se mostravam desiludidos nessa altura, ainda pior ficaram depois do mesmo Tarantini bisar no jogo, depois de um grande golo que deixou Helton pregado ao chão.

    A equipa azul e branca acordou, correndo atrás do prejuízo, quando apenas faltavam 5 minutos do tempo regulamentar para jogar. Felizmente, o empate de Jackson (continua a marcar!) em cima do minuto noventa empatou o jogo e permitiu à equipa visitante sair de Vila do Conde com um ponto na bagagem.

    Destaques positivos:

    James: Apesar de não ter sido o James do último jogo, ainda lutou por mudar o resultado.

    - Otamendi: Muito seguro.

    - Miguel Lopes: Esteve muito bem no ataque, com um golo e uma assistência. No entanto, não esteve tão bem defensivamente.

    Destaques negativos:

    Atsu: Pouco incisivo, perdido em campo, poucas foram as vezes que levou perigo à área adversária. Está a perder o fulgor do início da época.

    - Maicon: imperdoável a falha que permitiu o Rio Ave empatar o jogo.

    - A falta de vontade demonstrada pela equipa.

    - As substituições realizadas por Vítor Pereira.

    - O relvado, que parecia um campo de batatas.


    Objetivo: Acordar e vencer já o próximo jogo!

    Palestra: FC Porto vs ABC (Andebol)

    29/09/2012

    Depois da derrota no reduto do Benfica (28-27), o FC Porto volta a entrar em campo já no próximo Sábado, no Dragão Caixa, frente ao ABC.

    O ABC pertence neste momento ao grupo de 3º classificados da Andebol 1, com 7 pontos, estando em igualdade pontual com o FC Porto.
    Na última jornada, o ABC recebeu e venceu o AC Fafe, por 31-24. Nas jornadas anteriores, regista-se uma derrota (29-22) na deslocação ao Pavilhão da Luz e uma vitória (22-30) na visita ao terreno da AA Avanca.

    Tiago Rocha ainda não recuperou da sua lesão e não deverá alinhar neste jogo. Todos os outros jogadores do plantel estão disponíveis e às ordens de Obradovic para esta partida.

    Força, Porto!

    Palestra: Rio Ave x FC Porto

    Imagem 
    Mais uma jornada a contar para a liga antes do jogo europeu de Quarta-feira. Neste jogo em Vila do onde, frente à equipa da casa, o Rio Ave, é esperado um jogo de uma dificuldade razoável, sendo que tanto pode ser difícil como fácil, tudo depende do que os jogadores visualizarão o encontro.

    Espero que a equipa encare o encontro com seriedade, sem tar com a cabeça no PSG, tentando dar seguimento às boas exibições desta época. Não é esperada outra goleada, como o fizemos no Dragão frente ao Beira-Mar, mas é esperada uma vitória portista, para se poder isolar novamente na tabela classificativa.

    Quanto á nossa convocatória, menção especial para a entrada de Fernando, que regressa após lesão, e o retorno de El Comandante e Otamendi às escolhas de Vitor Pereira. No sentido inverso, o mister deixou de fora Kelvin, Iturbe e Abdoulaye. O treinador é confrontado com boas dores de cabeça (ou más, pois dores de cabeça são dores de cabeça...), pois terá de escolher se manterá o príncipio da chiclete com o Defour, remetendo Fernando para o banco, se irá jogar James a 10, fazendo descansar mais um pouco fisicamente e psicologicamente Lucho, fazendo-o entrar durante a segunda parte, e quem jogará nas alas (a questão habitual), sendo que Varela alcançou terreno a Atsu, com um golo e uma assistência na jornada passada.

    Relativamente ao Rio Ave, é o nono classificado com quatro pontos, tendo ganho em Alvalade, por uma bola a zero. Na jornada passada, perdeu em Braga, sofrendo uma goleada de quatro bolas a uma. Nos outros resultados, empatou em casa frente à Académica e perdeu, também em Vila do Conde, frente ao Marítimo.


                                                                        Força Porto !

    Vilão da Semana - Críticas a arbitragem

    27/09/2012
     

    Um tema sempre badalado no mundo futebolístico. Não há jornada em que um clube ou um desportista não consiga falar de arbitragens.

    Sempre criticados, raramente elogiados, mesmo quando um bom trabalho é feito, vivem sob uma constante pressão e, devido ao seu papel preponderante no desenrolar do jogo, são constantemente acusados como os principais culpados do desaire de uma equipa. Devido à importância que possuem, e à tamanha influência que exercem, que por vezes chega até a ser negativa, já houve casos de árbitros agredidos verbal e até fisicamente.

    A arbitragem portuguesa é constantemente referida pela comunicação portuguesa (alguns jornais, não todos, penso que sabemos quais são e porquê). No entanto, tivemos um árbitro na final da Liga dos Campeões e na final do Euro 2012, contrapondo com a ideia já fixa de que os árbitros portugueses são fracos e piores do que os outros.

    Mas atenção, não estou a escrever este post como uma defesa à arbitragem, pois também fazem muitos erros que prejudicam o Porto. Por exemplo, só esta época, já fomos bastante prejudicados na primeira jornada, se vocês se recordam. E não vou falar de outras épocas, e de alguns jogos particularmente escandalosos. Mas errar também é humano. Mas por vezes a indignação fora do normal, é perfeitamente plausível, quando os erros são feitos em circunstâncias suspeitas...

    Ainda esta jornada, não vou referir que jogo especificamente, mas parece que a arbitragem fez inúmeros erros numa partida, que parece ter sido escandalosa. Pelo menos a julgar por declarações de alguns dirigentes e do treinador, parece que o árbitro do encontro deveria de ser irradiado da profissão. O que se estão a esquecer, é que quem é mais beneficiado é a equipa em questão que supostamente foi prejudicada.

    Por isso só digo: chamar nomes aos árbitros entre amigos é normal,  tal como dar a opinião, boa ao má, ao juiz da partida num blog (como é o caso), ou num meio de comunicação social, tudo bem, desde que se mantenha a educação e o respeito. O que não se pode admitir, é insultos graves vindos de pessoas influentes na equipa "prejudicada", sendo que não só é um atentado à dignidade do árbitro, e que pode influenciar a sua vida fora das 4 linhas, e que pode causar danos na arbitragem do próximo jogo...


    Palestra: SL Benfica x FC Porto (andebol)

    24/09/2012
    Imagem 


    Depois de levar de vencida o Xico Andebol (33-28, em jogo disputado no passado Sábado), o FC Porto desloca-se agora ao Pavilhão da Luz para defrontar o Benfica, numa partida a contar para a 3ª Jornada da Andebol 1.

    O Benfica faz actualmente parte do grupo de líderes da Andebol 1, juntamente com FC Porto e Sporting, depois de ter derrotado o ABC (29-22) e o AC Fafe (29-33) nas 2 primeiras jornadas.
    FC Porto e Benfica já se defrontaram esta época, há um mês, numa partida a contar para a Supertaça e que foi vencida pelo Benfica (28-27), que acabaria por ganhar a competição.

    Espera-se assim um jogo bastante complicado, frente àquele que é tido como o maior adversário do FC Porto rumo à revalidação do título. O Benfica, 4º classificado no campeonato da época passada, reforçou-se para a nova temporada com Álvaro Rodrigues e Tiago Pereira (ex-ABC), Vicente Álamo (ex-Ademar Léon), Davor Cutura (ex-Valladolid) e Dario Andrade (ex-FC Porto), tendo agora uma equipa com mais qualidade individual e que tem mostrado grande consistência defensiva e muita eficácia no contra-ataque.

    Ricardo Moreira e Tiago Rocha, ausentes no passado Sábado, são elementos em dúvida para este jogo no plantel portista. O camisola 19 deverá recuperar a tempo de alinhar frente ao Benfica, mas a recuperação do pivot português é pouco provável.

                                                                          Força, Porto!



    Herói da Semana: Lucho González


    A escolha mais fácil que tive de fazer nesta rubrica. O escolhido tinha de ser o enorme Lucho González.

    Terça-feira havia jogo de Champions. Todos os jogadores estavam mentalizados disso. No entanto, Lucho recebeu a triste notícia que o sei pai havia falecido, isto tudo horas antes do jogo frente ao Dinamo de Zagreb. O que seria de esperar, era que o nosso capitão se ausentasse desse jogo, na medida que tinha de refletir e processar tudo aquilo.Uma coisa é a vida dos familiares, outra é um jogo de futebol. 

    Mas não. A direção do FC Porto, e o restante plantel, ia apoiar tudo o que Lucho fosse fazer, e ele, qual excelente profissional que é, decidiu, mesmo tendo em conta as circunstâncias, jogar e ajudar a equipa a alcançar os três pontos. Melhor ainda, marcou um golo que tivera prometido ao seu pai, dedicando-lhe o mesmo, como ele próprio o disse:

    "Tinha-lhe dito que ia marcar um golo... É uma situação da vida, estou triste com o que aconteceu, mas com a força dos meus companheiro, corpo técnico e dos dirigentes, pedi para jogar, e tudo correu bem. Sinto-me feliz de alguma maneira por aquilo que aconteceu".

    O Futebol Clube do Porto, após o encontro, decidiu dar ao jogador carta branca para se ausentar, de modo a que pudesse estar presente no funeral e com os seus familiares. Como consequência, faltou ao jogo frente ao Beira-mar. No entanto, os adeptos fizeram questão de cantar durante o jogo o seu nome, levando cartazes, e, tendo inclusive, os Coletivo Ultras 95 levaram uma tarja a homenagear a sua atitude.

       Lucho, mais que um ídolo e um capitão, um senhor!
                                                                                  
     FORÇA "EL COMANDANTE"


    Como correu...: FC Porto 4 x 0 Beira-Mar

    23/09/2012
    Porto vs Beira Mar (LUSA) 

    O FC Porto voltou ontem ao campeonato, na demanda de conquistar mais três pontos na perseguição ao Tri. A missão foi bem sucedida, tendo levado de vencida o Beira-Mar, com uma goleada de quatro golos sem resposta, numa boa exibição!

    Rapidamente se percebia que jogo se tinha pela frente. Um adversário tímido que não arriscava muito, jogando mais atrás da linha da bola. No entanto, e como é habitual com estas equipas que defendem com onze jogadores, é complicado até marcar o primeiro golo. 

    E o Porto desde cedo demonstrou essa vontade de chegar ao primeiro golo cedo, de modo a que as coisas se tornassem mais fáceis. Nos primeiros minutos de jogo, Rui Rego foi obrigado a efetuar belíssimas defesas, se queria manter a sua baliza inviolável durante o maior tempo possível, após livres de James com cabeceamentos de Maicon e Jackson. Ao minuto 16´, foi o próprio James que esteve perto do golo, levando a bola a beijar a trave. O golo azul e branco, chegou ao minuto 33´. E, meus amigos, que golaço! James fez a bola chegar ao colombiano, e este recebe com o peito e manda um estonteante pontapé de bicicleta, que faz a bola entrar na baliza. Houve magia no Dragão!

    O segundo golo chega seis minutos depois, quando, novamente a passe de James, Varela fuzila a baliza. Tudo resolvido já na primeira parte.

    Após o intervalo, o terceiro golo chega muito rapidamente, por intermédio de James. Já com tudo resolvido, Vitor Pereira aproveitou para dar minutos a jogadores que não têm tido muitas oportunidades, como é o caso de Iturbe, que aproveitou para mostrar aos adeptos e ao treinador boas coisas, como a criação de espaços onde eles não existem, e quase fez um golo num bom remate.

    Fomos gerindo o jogo, num ritmo mais baixo, mas criando algumas oportunidades, e o quarto golo chegou, por Maicon, num remate de cabeça.

    Sinteticamente, foi um bom jogo, com uma goleada e uma boa exibição dos homens de Vitor Pereira. Tem-se que dar destaque à equipa, mas também ao mister, que esta época pretende apagar as exibições cinzentas da época passada, sendo que este já é um dos vários jogos esta época em que fizemos boas exibições.

    Mérito neste jogo, também para James. O colombiano a dez, é simplesmente um mágico e divinal! Vitor Pereira tem aqui uma dor de cabeça, mas explicou bem na flash-interview. Refira-se que é meu desejo que Lucho e James joguem juntos, apesar de ser dificil os dois jogarem nas suas posições corretas, mas acho que os dois são essenciais.

    Destaques positivos:

    - James: Melhor em campo, com duas assistências, um golo e um punhado de lances cheios de classe a dez.

    - Defour:  Está finalmente a revelar o porquê do Porto ter apostado nele.

    - Alex Sandro: Está a crescer e nota-se isso. Está já um exelente jogador.

    - Jackson: Depois da "borrada" na Champions, provou que apenas era nervosismo, demonstrando uma boa exibição hoje, coroada com um golo monumental.

    - Consecutivas boas exibições da equipa.

    Destaques negativos:

    - Mangala: Continuo a acreditar que vai ser como Maicon e surpreender todos, mas é demasiado agressivo e ainda tem paragens cerebrais.

    Isto que vou dizer, não é bem um destaque negativo, pois João Moutinho simplesmente não joga mal, mas ainda não voltou ao que era.

                                                               Objetivo: Continuar assim!




    Palestra: FC Porto - Xico Andebol

    22/09/2012

    Depois de entrar com o pé direito na Andebol 1 2012/13, com uma vitória por 21-37 no terreno do Camões, o FC Porto estreia-se hoje no Dragão Caixa, recebendo o Xico Andebol.

    Os vimaranenses receberam no passado Sábado o Académico de Fafe, num jogo que terminou com uma vitória caseira, por 30-27.
    Na temporada passada, os confrontos entre FC Porto e Xico Andebol terminaram ambos com vitória dos Dragões. Na 6ª jornada, 31-25 foi o resultado final; já na 2ª volta, à 17ª ronda, o jogo terminou com o marcador a assinalar 25-46.
    De relembrar que o Xico Andebol foi a última equipa portuguesa a conseguir vencer no Dragão Caixa. 29-33 foi o resultado, numa das primeiras partidas do Campeonato 2009/10.

    Tiago Rocha continua lesionado e não deverá ser elegível para esta partida. Todo o restante plantel está disponível e às ordens de Ljubomir Obradovic para esta partida.

    Força, Porto!

    Palestra: FC Porto x Beira-Mar

    Imagem 

    Hoje joga o Porto novamente para a Liga. Depois da Champions de terça-feira, em que vencemos o Dinamo de Zagreb por duas bolas a zero, o FC Porto tem aqui mais um encontro, desta feita a contar para o campeonato, onde irá defrontar, no Dragão, o Beira-Mar.

    O último jogo que tivemos na Liga Zon Sagres, foi no Algarve, onde levamos de vencida o Olhanense. Desde lá para cá, Hulk saiu. O Íncrivel era a figura principal deste campeonato, tendo sido o melhor jogador da nossa Liga, no entanto, os jogadores vão e vêm, e o Porto tem a obrigação de continuar a vencer, se quer alcançar esta época o Tri.

    Nos convocados para este encontro, Fernando continua de fora, por lesão, Lucho também de fora, tendo carta branca para se ausentar por tempo indeterminado, fruto da ida ao funeral do seu pai, e Otamendi, que não foi convocado por opção técnica.

    Aqui fica a lista:

    Guarda-redes: Helton e Fabiano.

    Defesas: Danilo, Maicon, Miguel Lopes, Mangala, Abdoulaye e Alex Sandro.

    Médios: Castro, João Moutinho e Defour.

    Avançados: Kelvin, Iturbe, Jackson, James, Kléber, Varela e Atsu

    Imagina-se que Vitor Pereira irá apostar no onze mais semelhante ao de terça-feira, com as devidas alterações. Perfila-se que será Mangala será o escolhido para render Otamendi. Miguel Lopes também deverá jogar a lateral direito, a menos que Vitor Pereira escolha Danilo. No meio campo, Moutinho materá a titularidade e Defour deverá jogar na posição de Fernando. No entanto, aquilo que os adeptos mais aguardam com expetativa, deverá ser a posição de James, que, espera-se, jogará na posição de Lucho, (praticamente) a dez. Ou então Vitor Pereira surpreenderá tudo e todos e movimenta Danilo para o meio-campo, a posição que ele prefere, ou então Castro. Boas dores de cabela, portanto. No ataque, já se sabe. 

    Este jogo, caso corra como se espera, servirá pa dar alguns minutos a jogadores que não têm sido utilizados, como Iturbe, Kelvin e Castro.

    Relativamente ao Beira-Mar, esta equipa está atualmente no 13º lugar, com dois empates e uma derrota, no Axa.

    Espera-se, naturalmente, uma vitória.

    -----

    Mesmo Lucho não estando convocado, merece ser homenageado, portanto, aproveitamos para inserir aqui um pedido, vindo do Blog BiBó PoRto, carago !! :

    "Em Zagreb, Lucho deu uma prova de respeito e estima por todos nós, adeptos e sócios portistas. “El Comandante” conquistou, eternamente, um lugar nos nossos corações de Dragão, na alma portista.

    VAMOS MANIFESTAR-LHE A NOSSA GRATIDÃO, A NOSSA SOLIDARIEDADE. VAMOS PRESTAR-LHE UMA SENTIDA E JUSTA HOMENAGEM!
    • Portistas: no próximo jogo no Estádio do Dragão – FC Porto v Beira-Mar, sábado às 20,30 horas – vamos todos levar uma fotografia de Lucho impressa em folha A-4. Aquando da apresentação das equipas frente à tribuna principal, levantemos a nossa folha. AS BANCADAS FICARÃO REPLETAS DE IMAGENS DO NOSSO GRANDE CAPITÃO! Vamos portistas, vamos homenagear LUCHO.
    • Esta será uma iniciativa espontânea dos adeptos portistas! É de fácil execução porque todos poderemos levar uma fotografia de Lucho impressa em casa de cada um. Mas seria ideal que cada espectador levasse mais que uma foto para munir quem não tenha possibilidade de a obter.
    • Espalha a notícia, divulga em blogues portistas e nas redes sociais. Divulga entre os teus amigos e a quem saibas que vai assistir ao jogo. NÃO DESPERDICEMOS A OPORTUNIDADE DE HOMENAGEAR O NOSSO HERÓI! IMPRIME, LEVA, PARTICIPA, MOSTRA A FOTO DE LUCHO, DÁ O TEU NOME À HOMENAGEM.
    • PORTISTAS, VAMOS FAZER DESTE EVENTO UM GRANDE MOMENTO! UM MOMENTO DIGNO DA ALMA PORTISTA! Obrigados, Dragões.
    Nota: juntam-se algumas fotografias que podem ser impressas em A-4 (página inteira). Podes imprimir outra qualquer foto de Lucho González.

    Blogue “Bibó Porto, carago!”
    Fernando Moreira (Dragão Azul Forte) – Vila Real"

    O dinheiro no futebol.

    Imagem

    Vou-vos falar de um flagelo que tem vindo a assombrar o futebol de há poucos anos para cá. Falo-vos, como é perceptível no titulo, do dinheiro que tem vindo a entrar em clubes com pouca história, e assim, têm comprado todos os anos jogadores de clubes trabalhadores e de menos posses financeiras, fazendo com que passem a ter um plantel luxuoso, e tenham mais hipóteses de ganhar troféus.
    E disse “hipóteses”, pois nada é garantido no mundo do futebol. Por vezes uma equipa pode ter rios de dinheiro, que de nada serve, já que, por vezes, as equipas com menores finanças têm jogadores que jogam com mais raça e prazer do que esses que são vendidos por imenso dinheiro. No entanto, este ano, inverteu-se a tendência habitual; o milionário, Manchester City, conquistou o campeonato inglês, e o Chelsea, cujo dono é o multi milionário russo Roman Abramovich, venceu a Champions League.


    E de onde provem o dinheiro destes clubes ricos? Dos mais diversos sítios. O mais comum, é de vir da carteira dos árabes e o seu petróleo. E, também é comum, os donos dos clubes milionários, estarem envoltos de diversos casos em tribunal judicial, pois desconfia-se que houve muita corrupção e infracção da lei, à custa de ganharem rios de dinheiro.
    Felizmente, há clubes como o Porto, que, mesmo sem sermos ricos, conseguimos ganhar títulos constantemente. E também temos um plantel sólido e coeso, fruto do nosso departamento de scouting (sendo que o Benfica tem um bom departamento, se é que me percebem…), em que compramos barato, e vendemos caro. E tem resultado. Contudo, isto tem vindo a mudar, e já não andamos a comprar tão barato, fruto do mercado estar inflacionado.
    Esperemos que o fair-play financeiro venha mudar isto…




    (também podem ler este texto no site e forúm "FCP24", com quem temos uma parceria)

    Entrevista - Bibó Porto, carago !!

    20/09/2012
    http://imageshack.us/a/img831/7381/bannertopoprincipal2.jpg

     Na iniciativa iniciada com a entrevista ao Porta 19, que consiste em entrevistar os mais prestigiados blogs portistas, decidimos fazê-lo agora com o blog BiBó PoRto, carago !!

     Sem mais demoras, leia a primeira parte da mesma:

     - Como surgiu o projecto "BiBó PoRtO, carago!!"?

    Ainda antes de se me acender uma luz e deixar criar as raízes necessárias para este projecto, dizer que já muito antes que era um assíduo e devorador leitor de tudo o que era escrito por Portistas “anónimos” no primeiro blog que me recordo de existir ligado ao FC Porto, que ainda hoje se mantém “vivo” ao fim de todos estes anos, o “jurássico” Pobo do Norte.

    Eis que, chegados à madrugada do dia 25 de Maio de 2006, já cansado de navegar pela internet sem rumo certo, “nasceu” oficialmente a criança, o BiBó PoRtO, carago!! (BPc).

    Vilão da semana: o empresário de Iturbe

    19/09/2012


    Apesar do "enorme" crédito que se deve dar ao Correio da Manhã, não podemos deixar de destacar as declarações do empresário de Iturbe, Augusto Paraja, simplesmente porque é algo que já nos parecia previsível. O agente do nosso "pulguita" terá dito que "inscrições são bonitas, mas ele precisa de minutos na equipa.", desvalorizando o facto de Iturbe ter sido inscrito para a Liga dos Campeões.

    Como correu...: Dinamo de Zagreb 0 x 2 FC Porto

    18/09/2012
    O Futebol Clube do Porto venceu em Zagreb, a equipa da casa, o Dinamo de Zagreb, por duas bolas a zero, golos de Lucho, ao minuto 41, e de Defour, já nos descontos (minuto 92).

    O nosso Porto esteve longe de fazer ópera. No entanto, a nossa equipa estava consciente disso mesmo. Reparou desde cedo, que bastava gerir bem a bola, e realizou isso mesmo, acelarando apenas nalgumas situações de jogo, para tentar marcar. E podíamos ter ganho por mais golos. Contudo, também podíamos ter sofrido, se não fosse São Helton. Foi o jogo necessário para garantir o objetivo, os três pontos.

    O Porto desde cedo iniciou o seu jogo, o da posse de bola, acampando no meio campo adversário. No entanto, o nosso trio ofensivo não deixou uma boa marca, havendo consecutivamente cruzamentos sem nexo na esperança vã de alcançar um canto. James e Varela lá iam tentando fazer as suas diagonais, assim como Alex Sandro, (Miguel Lopes ia mais à linha), mas sem um resultado prático.

    O golo chegou perto do intervalo, quando numa boa jogada de entendimento entre James e Alex Sandro, este cruza, sobrando a bola, após desvio do guarda-redes, para Lucho que, após uma boa desmarcação, faz o primeiro.

    O Porto ia para intervalo consciente do jogo que tinha realizado até àquela altura. Percebeu que bastava gerir o jogo com cuidado, nunca deixando de dominar o mesmo. E o golo chegou, previsivelmente.

    Na segunda parte, o Porto continuou a controlar de forma clara, contudo passou por momentos complicados, pois Sammir e companhia, tentaram o golo, sendo que duas dessas oportunidades foram negadas por Helton, que esteve fenomenal, tanto nas suas defesas, como a lançar os jogadores lá à frente. O golo do Porto chegou nos descontos, de forma natural, quando o Dinamo já estava desesperado.

    É necessário referir que o Dinamo tem muito, mas muito que evoluir. Não consegue ser perigoso o suficiente, e não se pode esconder durante o jogo todo. Contudo, considero que Sammir e Vida são jogadores essenciais para a equipa.

    Sintecamente, foi um jogo que podia ter sido melhor, pois podíamos (e, talvez, devessemos ter marco tendo em conta o adversário) ter construido um resultado mais volumoso. Mas dominámos, controlámos e conquistámos os três pontos. Tendo em conta as circunstâncias, nomeadamente a pausa que a equipa teve, e a falta definitiva de Hulk, que abandonou a equipa, e a temporária de Fernando (ainda que Defour tenha jogado muito bem, sendo muito melhor a construir que o Polvo), realizámos o trabalho de forma razoavelmente bem.

    Destaques positivos:

    - Helton
    - Defour
    - Lucho (Um absoluto senhor. Esteve muito bem e marcou. Ficará espantado ao saber que o seu pai faleceu horas antes da partida)
    - Controlo coletivo do FC Porto

    Destaques negativos:

    - Moutinho (não esteve ao seu melhor nível)
    - Trio ofensivo. É necessário destacar que quem esteve particularmente mal foi Jackson, que foi muito lento naquela oportunidade claríssima na boca da baliza. Se bem que quando caiu devido a Tonel, devia de ter sido marcado o penalty e respetivo vermelho mostrado.

    Herói da Semana: Hulk

     
     Sim, leu bem, o Incrível é o herói da semana mesmo já tendo partido para a Rússia. Percebo a surpresa inicial para o comum leitor, contudo, quem esteve atento às declarações de Hulk, em comparação com as declarações do outro reforço dos russos, o noss ex-jogador merecia uma vénia mesmo estando longe, pelo menos durante algum tempo.

    Declaração de Hulk:

    "Vou partir com o FC Porto no coração. Foi um grande orgulho ter representado este clube e ter conhecido tantas pessoas boas e amigas. Também gostava de deixar uma palavra especial aos adeptos por todo o apoio que me deram, mesmo nos momentos mais difíceis, que, felizmente, não foram muitos. Parto com 10 títulos conquistados, depois de ter passado quatro anos lindos na cidade do Porto. Um dia vou regressar"

    in: Jornal OJogo

    Declaração de Witsel:

    «O Zenit foi, em primeiro lugar e sobretudo, uma escolha do ponto de vista desportivo. Depois, se é um clube maior que o Benfica, é normal que um jogador vá ganhar mais para lá»

    in:Jornal ABola

    O leitor, certamente reparou nos diferentes descursos. É de louvar Hulk, que mesmo na saída foi humilde, e elogiou fortemente a estrutura do Futebol Clube do Porto, e a própria cidade do Porto, demonstrando ainda o desejo de voltor, como Lucho voltou...

    Palestra: Dinamo de Zagreb x FC Porto

    17/09/2012
    Imagem 
    Voltou a liga milionária, a liga onde todos os jogadores pretendem mostrar o máximo do seu valor, para poderem chegar a um tubarão (financeiramente) europeu.

    Na primeira jornada, o Futebol Clube do Porto, irá à Croácia defrontar a pior equipa da anterior fase de grupos da Liga dos Campeões, o Dinamo de Zagreb. Será um jogo bastante importante, já que álem de ser um jogo onde, caso ganhemos, iremos ganhar muito dinheiro, poderá ter como chamariz o facto de ser o primeiro jogo sem Hulk. O avançado brasileiro partiu para o Zenit, como é sabido pela generalidade dos portistas. Iremos saber amanhã quem é o jogador que irá jogar na posição de Hulk. Por um lado temos Varela, o Drogba da Caparica, que fez boas exibições na seleção e tem bastante mais experiência nestas andanças que Atsu, o jovem avançado ganês que tem merecido a confiança de Vitor Pereira, para ser titular. Também será interessante saber se James irá jogar na posição de origem, ou se vai jogar a extremo, ou até se vai jogar. Um ponto também muito importante, é não podermos contar, também, com o Polvo, pois tem andado lesionado, misturando ginásios com treino condicionado, não pudendo fazer parte do lote de convocados do Porto.

    Do outro  da barricada iremos ter uma equipa que atualmente está na 82º posição do ranking da Uefa, com 24 títulos oficiais. É importante referir que foi campeão croata as últimas seis vezes. No que concerne às competições europeias, é um clube com experiência, contando com 76 jogos na Taça/Liga dos Campeões, 31 na extinta Taça dos Vencedores de Taças, e 88 na Taça UEFA/Liga Europa.

    Os pontos fortes desta equipa, baseiam-se em táticas seguidas rigorasamente pelos jogadores, sendo que insistem mais defensivamente do que ofensivamente. Nos pontos negativos, destaco que são pouco atrevidos no ataque, arriscando muito pouco, e sofrendo bastantes golos em bolas paradas, podendo o Porto aproveitar esse facto. A estrela da equipa, é o "10" Sammir, basicamente o único que tenta arriscar com as suas jogadas.

    Histórico:

    Fase de Grupos da Champions, 1998/99 - Fase de Grupos, Grupo A:

    Dinamo Zagreb 3-1 FC Porto LC 1998/99
    FC Porto 3-0 Dinamo Zagreb LC 1998/99

    Taça das Taças, 1983/84 - 1ª eliminatória:

    FC Porto 1-0 Dinamo Zagreb
    Dinamo Zagreb 2-1 FC Porto

    Importante: Mesmo sendo claramente favoritos, não podemos fazer o que fizemos frente ao Apoel.

    O jogo será amanhã, terça, pelas 19h e 45 minutos, com transmissão TVI.

    Força Porto !

    Palestra: CDE Camões - FC Porto (Andebol)

    15/09/2012

    Depois de falhar a qualificação para a Fase de Grupos da Liga dos Campeões, o 1º grande objectivo da época, o FC Porto inicia no próximo fim-de-semana a luta pela conquista do Pentacampeonato, na casa do recém-promovido CDE Camões.

    O CDE Camões, 2º classificado da 2ª Divisão na época passada, manteve todos os jogadores que levaram o clube a uma inédita presença no principal escalão do andebol português, e é teoricamente uma das equipas mais limitadas deste campeonato.

    Espera-se então nada menos do que um vitória dos Tetracampeões, que mais uma vez não deverão poder contar com o pivot português Tiago Rocha, devido a lesão. Todos os restantes jogadores do plantel estão disponíveis e às ordens de Ljubomir Obradovic para esta partida.

    Força, Porto!

    O clube que mais vende e mais vence.

    12/09/2012

     O Futebol Clube do Porto de Pinto da Costa, principalmente o Porto da última década, sempre se caraterizou por valorizar os seus ativos, conseguindo sempre substituir as suas vendas, com jogadores, geralmente, de qualidade equivalente ou até superior, para manter o selo vencedor portista que é reconhecido por todo o mundo.

    Qual será o 11 habitual?

    11/09/2012


    Com o fecho de mercado e com a época com algum andamento já se poderá colocar a questão "qual é o 11 base".
    No lado dos dragões há dúvidas. A primeira é se Vítor Pereira ira manter o 4-3-3 ou irá alterar o sistema tático. A segunda refere-se a quem será o 3º elemento do ataque e que acompanhará James e Jackson.
    Atsu ou Varela? Juventude ou Experiência? Irreverência ou Segurança? Mas já lá vamos.
    Na baliza (leia aqui a analise a esse setor) o titular será sem dúvida Helton sendo que esta época tem um GR com grande qualidade como suplente, Fabiano. Kadú completará o lote sendo que atuará prioritariamente nos Juniores.
    Na defesa (aqui para ler mais detalhadamente) também não haverá grandes dúvidas. Maicon e Otamendi no centro, tendo 3 (sim, é um exagero) alternativas: Mangala, Abdoulaye e Rolando. Na lateral esquerda atuará Alex Sandro e o brasileiro terá como alternativa o reforço colombiano Quiño. A única dúvida é se Danilo ocupará o lado direito ou se esse lugar pertencerá a Miguel Lopes. O brasileiro não tem estado em grande forma e, a continuar assim, arrisca-se a perder o lugar, mas é (em boa forma) claramente superior ao português.
    O meio campo (aqui para ler analise) será preenchido por Fernando, João Moutinho e Lucho e as 3 alternativas serão Defour, Castro e Kelvin, sendo que James deverá também jogar na maioria do tempo a "10".
    Na frente de ataque (aqui) permanece a maior dúvida. Quem acompanhará James e Jackson? Atsu ou Varela? São os dois bastante rápidos sendo que o Ganês peca pela inexperiência e o Português peca por já não estar na sua melhor forma. Na nossa visão o ideal seria jogar Varela (para já) e esperar que consiga ficar na melhor forma. Caso isso não aconteça o ideal é ir apostando em Atsu para ir ganhando o lugar ao número 17. Como alternativa há ainda Iturbe (que esperemos que tenha mais minutos esta época)

    E para si? Qual será o 11 habitual? Varela ou Atsu? Ou até Iturbe ou Kelvin?

    Comunicado

    10/09/2012
    Fruto de termos feito o herói e vilão da semana Sábado, apenas iremos voltar à rubrica, na próxima segunda/terça.

    Obrigado pela compreensão,

    Azzul24

    Uma imagem...

    Imagem
    ...vale mais do que mil palavras.

    Renovações de contrato

    09/09/2012
    Imagem

    Hulk. O Incrível já rumou à Rússia mas ainda continua a dar que falar. E hoje, urge fazer-lhe referência pela necessidade de lembrar o alto vencimento que recebia. As qualidades inegáveis, a fé que lhe era depositada e toda a importância que lhe era dada faziam com que Hulk recebesse o salário mais alto do plantel. É fácil de perceber a proporcionalidade direta entre esta relação de causa-efeito. Um jogador produz x, por isso merece receber x. Não é uma relação linear, pois depende de muitos outros e variados fatores, no entanto, numa visão simplificada, é assim que se pode entender e medir os níveis salariais de um plantel. Com a venda de Hulk, o dinheiro disponível para salários aumentou, possibilitando, ao FC Porto, uma revisão da folha salarial atual. Consequentemente, e como já começou a ser noticiado, deverão começar a existir renovaçõs de contrato, alterando vários parâmetros como o salário que o atleta aufere, a data de término do contrato, os benefícios que o jogador ao fim de um jogo ou de uma época e, talvez uma das mais importantes hoje em dia, a cláusula de rescisão.

    Herói da semana: James Rodriguez

    08/09/2012

    A grande figura da semana, futebolisticamente falando.

    No sábado (foi na semana passada, mas como não fizemos segunda, fazemos agora), saltou do banco, para render Christian Atsu, ao minuto 36´, quando o Porto estava a perder, e ao minuto 42´ alcançou o empate, num chapéu fenomenal, de fora-de-área, a Ricardo. Nessa noite, o prodígio colombiano não estava com meias medidas, e ainda fez uma assistência brilhante, isolando Jackson Martinez. Foi a figura do jogo, indiscutivelmente, o que deu azo aos rumores de que rende mais saindo do banco...

    Já na madrugada de ontem, foi titular pela Colômbia. E mesmo na seleção, fez outra exibição espantosa, que culminou em duas assistências, uma delas extraordinária, contribuindo para a vitória gorda sobre o Uruguai (4-0).

    Agora que o Hulk saiu, James tem um papel importante na transição. Tem de assumir o protagonismo. Seja a extremo, onde normalmente tem jogado, seja a 10, a sua verdadeira posição e onde mostra ainda mais que é um gênio da bola. Sinteticamente, este tem de ser o ano de James, em termos de importância na equipa. Não é que haja pressa, longe disso, pois apenas tem 21 anos, mas apenas porque ainda não temos um substituto de origem para a posição de Hulk, e se este vier em Janeiro, possivelmente será de recurso, e ainda terá de se adaptar.

    Força miúdo, é a tua vez!

    Ps: Se pensavam que ia meter homenagem a Hulk, a mesma está aqui

    Como correu...: Partizan 27-25 FC Porto (Andebol)



    A frustração e a tristeza invadem-me a alma. Falhámos. Mais uma vez, falhámos. 

    Mais uma vez, a equipa de Andebol do FC Porto não conseguiu qualificar-se para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

    Depois de um sorteio favorável, a esperança era mais uma vez grande. Tínhamos pela frente a árdua tarefa de bater o Partizan no seu próprio pavilhão, mas tínhamos equipa para ultrapassar esse obstáculo. Depois, teríamos a obrigação de vencer a final do Torneio de Qualificação, frente a uma equipa que seria certamente mais acessível do que a formação sérvia.

    O desenrolar do jogo deu razão a essa previsão, Um jogo equilibradíssimo, do princípio ao fim da 1ª parte, com as equipas empatadas em grande parte dos 30 minutos. O FC Porto estava fortíssimo na 1ª linha, mas falhava nos 6 metros, quer no ataque quer na defesa. Fazia falta Tiago Rocha, e faltava também algum pragmatismo na hora de aproveitar as oportunidades de que dispúnhamos. Várias foram as situações de vantagem numérica de que dispusemos, praticamente nenhuma as que aproveitámos. Nas jogadas em que conseguimos colocar alguém isolado nos 6 metros, principalmente nos contra-ataques, a história foi a mesma: muitas oportunidades, muito poucas aproveitadas.

    E assim chegava o intervalo. 14-13, vencia o Partizan.

    O FC Porto entrou mal na 2ª parte. Muita desconcentração, e 5 minutos depois do início do tempo complementar já perdíamos por 19-15. Obradovic viu-se obrigado a utilizar o time-out de que dispunha. O "raspanete" deu resultado, e o FC Porto foi recuperando, até que chegou ao empate (23-23).

    Depois, voltou o problema da 1ª parte: muito nervosismo, pouca experiência, pouco aproveitamento das oportunidades. Depois de novo empate, desta feita a 25, o Partizan marcou 2 golos sem resposta. Com quase uma dezena de ataques nesse intervalo de tempo, o FC Porto não foi capaz de transformar nenhum deles em golo.

    Estava feito o resultado final. 27-25, a favor do Partizan. Os dragões haviam falhado mais uma vez um dos seus principais objectivos para a época.

    Resta agora recuperar o ânimo e vencer o jogo de amanhã, de forma a tentar fazer boa figura na Taça EHF. E, claro, há que conseguir revalidar o título nacional.

    Palestra: Partizan vs FC Porto (Andebol)

    07/09/2012

    No próximo fim-de-semana, a equipa de Andebol do FC Porto luta por um dos seus principais objectivos para a época 2012/13: a qualificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

    Para conseguir esse objectivo, o FC Porto terá de vencer primeiro o Partizan Belgrado, equipa que na temporada transacta nos derrotou na final da qualificação para a mesma competição, batendo-nos por 26-33 em Presov.

    De forma a vencer este jogo, um dos principais objectivos do FC Porto terá de passar por (tentar) anular Nenad Maksic, grande figura da equipa sérvia, que no já referido jogo da época passada marcou nada mais nada menos que 10 golos, sendo o melhor marcador da partida, ao lado de Ricardo Moreira.

    Se vencer este jogo, o FC Porto defrontará no dia seguinte o vencedor da outra meia-final, a disputar entre HC Lovcen e RK Sloga.

    Tiago Rocha está lesionado e dificilmente será utilizado nesta partida. Ricardo Moreira tem vindo a jogar de forma limitada e isso deverá repetir-se neste jogo. Todos os outros jogadores do plantel estão disponíveis e às ordens de Obradovic para esta partida.

    Será desta? Esperemos que sim! Eu confio que sim!

    Força, Porto!

    O clube que mais lucrou

    Hulk´
    Financeiramente, o clube portou-se muito bem. Além de ter conseguido saldo positivo, este foi extraordinário, tendo superado todos os clubes neste ponto.

    O FC Porto obteve em vendas 62,15 milhões. Nestes valores, os 40 milhões que têm sido falados, estão incluídos (Mais sobre o negócio Hulk). Em relação às entradas, o valor que saiu dos cofres portista foi de 11,7 milhões. 

    Refira-se ainda que no segundo lugar está o AC Milan e no terceiro lugar o ...ica .

    Desportivamente ainda teremos de ver como vamos reagir à saída de Hulk, sendo que as outras serão mais fáceis de colmatar. No entanto, e não podemos deixar de referir, que Pinto da Costa parece decidido em tornar o clube, numa instituição com uma boa saúde financeira, após termos "perdido" o dinheiro de outras vendas milionárias...

    Vilão da semana: o (suposto) fecho do mercado de transferências



    Depois do término do período de transferências, a 31 de Agosto, em Portugal e nos principais campeonatos da Europa, tudo indicava que o FC Porto conseguisse manter uma das suas jóias da coroa, o incrível Hulk. Porém, surpresa para muitos, eis que um clube do futebol russo, o Zenit de São Petesburgo, beneficiando de um fecho de mercado tardio, se chegou à frente com 60 milhões de euros, convencendo os responsáveis azuis e brancos e a principal referência do plantel portista.


    Diferentes versões no "negócio Hulk"

    No seio da massa associativa do Porto, ainda existem muitas pessoas que não estão bem esclarecidas no que concerne ao negócio que envolveu a ida do Hulk para o Zenit. A confusão é compreensível, fruto das várias versões que o negócio já teve. Vamos referir algumas:



    Versão 1 :

                                                           
    Versão 2 :

       (Fonte:EXPANSIÓN ( jornal de economia espanhol) )

    Versão 3 :

                                                                      (Fonte: ABola)

    Versão 4 :

    Uma fonte, que decidiu manter-se no anonimato, mas que merece plena confiança do blog, aquando a nossa pergunta acerca do negócio, referiu que era um "esquema complicado", mas que: 

    "O Zenit pagou 40 milhões ao Porto e é isto que o Porto recebe, ao qual deduz o valor para o Fundo de Solidariedade. A GAZPROM está metida no negócio nas percentagens e o Mano Menezes vai receber uma parte."

     ------------------

    Nada melhor que vir o Porto e Pinto da Costa, meter isto em pratos limpos...

    Pinto da Costa operado ao coração

    04/09/2012
    No seu site oficial o FC Porto comunicou que "o sr. Presidente do FC Porto, Jorge Nuno Pinto da Costa, submeteu-se na manhã de hoje a uma intervenção cardiovascular anteriormente planeada, no Hospital São João, no Porto, tendo esta corrido bem."

    O Azzul24 deseja as rápidas melhoras ao Nosso Grande Presidente.

    O Incrível Givanildo



    Estávamos em Agosto de 2008. Quaresma estava de saída. Pinto da Costa prometera “uma surpresa” para a sucessão do “Mustang”.

    Quando todos esperavam um jogador “de nome”, com elevado calibre e experiência europeia, O Jogo noticia que a surpresa será na verdade um jogador sul-americano, desconhecido para o comum mortal português.


    Assim foram as vendas...

    Imagem

    Hulk: 5ª maior transferência de sempre.

    Hulk vendido ao Zenit

    03/09/2012

    O Zenit S. Petersburgo anunciou esta tarde no seu site oficial a contratação de Hulk.

    Ainda não há valores oficiais, mas acredita-se que o Zenit pagará 60M€ pelo passe do brasileiro, sendo que o FC Porto receberá 48M€ (80%).

    Tipicamente "ABola"





    Como o Luís anda em campanha eleitoral, tem de vir novamente o jornal "ABola" proteger o presidente do ....ica, após os possíveis fogos causados com a venda de Javi García (sim, o país está agora mais seguro) . 

    Mesmo depois do Anzhi ter negado tal ataque financeiro, o jornal continua sem transmitir isso aos leitores. E uma mentira leva a mais mentiras...

    Ps: E ainda vamos ver se o Zenit continua a negociar Hulk...


    Entrevista - Jorge (Porta19) - Parte 2



    Acedam à Parte 1, aqui 

    Continuação da entrevista... (parte final)


    - De onde surgiu essa "mania de falar" com os misters antes dos jogos? 

    Estava à procura de manter uma rubrica permanente de antevisão de cada jogo e não queria entrar na banalidade da lista de convocados, o árbitro, a putativa táctica...e então em Setembro de 2010 lembrei-me de ter uma conversa de café com o treinador (na altura André Villas-Boas), um monólogo informal como quem atira o barro à parede e espera ser ouvido. Uns saem melhores que outros, como em todos os posts, mas ao menos é diferente.

    - Para os leitores mais novos... quem foi o Baroni?

    Boa pergunta. Ronald Baroni (ver estatísticas aqui: http://www.zerozero.pt/jogador.php?id=30316&epoca_id=0) foi um avançado peruano que chegou ao FC Porto pelas mãos de um dos melhores treinadores que vi à frente do nosso clube, Bobby Robson, que juntava a garra e a vocação ofensiva à quase total incapacidade de apontar bons jogadores para serem contratados pelo clube. Houve falhanços geniais chamados N'tsunda, Zwane, Mogrovejo, Diaz, Walter Paz...entre vários outros, um dos quais este mesmo Baroni. Foi um dos piores avançados que vi a jogar pelo FC Porto (e olha que eu sou do tempo do Vinha e do Paulinho César!) e usei-o para aliterar com Baía, um dos meus heróis de sempre, futebolisticamente falando.

    O que aconteceu no mercado...

    02/09/2012
    Mais vale tarde que nunca. Temos aqui em baixo uma lista com as entradas,empréstimos e saídas que ocorreram durante o mercado.

    Entradas:

    Fabiano Freitas (Olhanense) - 1,2M
    Igor Stefanovic (Santa Clara) - 0M
    Diogo (Internacional Porto Alegre) - Empréstimo - Equipa B
    Dellatorre (Internacional Porto Alegre) - Empréstimo - Equipa B
    Sebá (Cruzeiro) - Empréstimo - Equipa B
    Jackson Martinez (Jaguares) 8,8M
    Anderson Santos (Atlético) - Empréstimo - Equipa B
    Hector Quiñones  (Barranquilla) - 1.7 M


    Empréstimos:

    Fucile (Santos)
    Souza (Gremio)
    Walter (Goias)
    André Pinto (Panathinaikos)
    Hugo Ventura (Belenenses)
    Djalma (Kasimpasa)
    Sereno (Valhadolid)
    Ukra (Rio Ave)


    Saídas: 

    Guarin (Inter Milão) - 11M
    Cristian Rodriguez (Atl. Madrid) - 0M
    André Teixeira (Belenenses) - 0M
    Soares (Rio Ave) - 0M
    Beto (Braga) - 0M
    Pawel Kieszek (Setúbal) - 0M
    Castanheira (Covilhã) - 0M
    Ricardo Alves (Belenenses) - 0M
    Enoch Andoh (AEK Limassol) - 0M
    Paulo Jorge (Blackburn) - 0M
    Lupeta (Bury) - 0M
    Alvaro Pereira (Inter) -  8M
    Fernando Belluschi (Bursaspor) - 2,5M
    Mark Janko (Trabzonspor) - 3M
    Hugo Bastos (Varzim) - 0M
    David Addy (Guimarães) - 0M
    Sapunaru (Zaragoza) - 0M

    Hulk (Zenit) - 60M

    Lista retirada dos nossos amigos do blog: http://www.dragoesdebancada.blogspot.pt/

    Como correu...: Olhanense 2-3 F.C.Porto



    Ontem, o F.C.Porto alcançou uma importante vitória frente ao Olhanense, uma equipa que no ano passado, ainda que noutro estádio, fez mossa e causou a perda de dois pontos para os azuis e brancos.

    O jogo até começou bem para os nossos lados, com uma boa iniciativa de Moutinho, a fazer um passe para Lucho rematar. Íamos conseguindo controlando, quando ao minuto 13´ , numa jogada do Olhanense, que teve início num mau passe de Alex Sandro, Luís Filipe troca as voltas a Maicon e cruza, que após alguns ressaltos, Abdi consegue o remate e o primeiro golo para a equipa da casa (ainda que emprestada).

    A nossa missão, acabava-se de complicar. No entanto, mais vale começar a perder, do que acabar a perder. E a atitude dos nossos jogadores, após o golo sofrido, é digna de registo. Só deu Porto, contudo, a bola não entrava, ainda que tivéssemos tido algumas oportunidades. Vitor Pereira, apercebendo-se disso, retirou, ao minuto 36´,o atacante Christian Atsu, que não estava particularmente inspirado, e fez entrar o colombiano James Rodriguez. E que estragos fez o prodígio da Colômbia!  Fez um golaço, aos 42´, onde fez um belíssimo chapéu a toda a equipa do Olhanense, após o guarda-redes de Olhão ter socado a bola após um livre. Antes disso, Hulk já podia ter feito um golo extraordinário, e realizamos ainda algumas boas jogadas, que apenas não tiveram melhor resultado devido ao estado do relvado.

    Olhanense vs FC Porto (Lusa)

    Entramos fortíssimos após o intervalo! E colhemos os frutos disso mesmo passado 3 minutos, quando James, novamente ele, fez um passe a rasgar a defesa toda algarvia, e onde Jackson teve a classe de contornar o guarda-redes e de encostar para golo!

    O nosso outro golo chegou, após um extraordinário lance de Alex Sandro, onde sobrou para Hulk, e este simula e fuzila a baliza de Ricardo. Excelente golo! 

    E quando tudo não o fazia prever, golo do Olhanense. E após este lapso, o F.C.Porto, que estava numa fase de descompressão, entrou num mau período e deu esperanças ao Olhanense. Felizmente, não aproveitaram. Mas e se o tivessem feito?
    Olhanense vs FC Porto (Lusa)

    Ontem, o meio-campo esteve a um bom nível. Conseguimos recuperar algumas bolas e criar bom as jogadas com os parceiros do ataque. Defour esteve a um nível agradável. Mas, não se pode em circunstância alguma, compará-lo ao nosso Polvo, pois são jogadores muito distintos. Acabou lesionado.Moutinho na primeira-parte não esteve ao seu melhor nível, mas na segunda parte, decido em calar os críticos, fez uma excelente exibição, demonstrando uma garra impressionante até em lances que já eram dados como perdidos. Lucho esteve muito bem na primeira meia-hora, mas depois não funcionou bem. No entanto, continuou a ser um bom sustento aos restantes parceiros de meio-campo. Castro mostro muita disponibilidade, mas não conseguiu apresentar bem o seu futebol.

    O ataque, demonstrou um bom nível, com bons lances que podiam ter dado em golo. No entanto, Atsu esteve muito apagado. Foi substituído ao minuto 36´, e ainda bem, pois pode entrar James, e com ele o poder ofensivo evoluiu. James jogou maravilhosamente bem, com pormenores de encher o olho, e com um golaço e uma assistência fantástica. Jackson marcou novamente, num bom lance à ponta-de-lança. Descai para a ala, mas apresenta bom toque de bola. Teve várias oportunidades. Estou confiante que vai ter muito sucesso. Hulk não está nada contrariado. Além de ele o ter dito categoricamente na flash interview, foi dos mais inconformados quando estávamos a perder. Podia ter feito o golo várias vezes, em jogadas à Hulk, e chegou a fazê-lo, num golo que se adivinhou decisivo. Não gostei do Varela hoje, mas também não teve muito tempo em campo.

    A defesa foi, ontem, o nosso calcanhar de Aquiles. Danilo está a vacilar no que concerne a voltar a ter a sua forma habitual (deve jogar Miguel Lopes, enquanto isto acontecer), e ontem esteve muito mal. Maicon não teve muito melhor, tendo culpas nos dois golos. Otamendi esteve bem, mas tem que arranjar mais maneiras de se antecipar e cortar a bola. Alex Sandro esteve fenomenal no golo de Hulk, mas não deve arriscar tanto sem o Polvo, pois também teve a sua quota de culpas, pois perdeu a bola, no primeiro golo do Olhanense. Helton não teve culpas nos golos.

    Olhanense vs FC Porto (Lusa)

    Deixem-me referir ainda: estou a começar a ficar contente com as exibições da equipa. Gostei da exibição de ontem, que mesmo não tendo sido tão brilhante como a da semana passada, foi boa. E já são duas seguidas, e ainda estamos no início. Já são mais seguidas que o ano passado. Vê-se que a equipa anda a mudar, quando em comparação com 2011/2012. E isto tem mão de Vitor Pereira. Temos de dar seguimento a isto!

    Homem do Jogo : James Rodriguez

    Outros destaques positivos: Moutinho e Hulk, não estão contrariados, julgando pelas suas exibições. Jackson está a fazer o que lhe pedem: marcar ! Vitor Pereira, pelo bom trabalho nestes dois jogos.

    Destaques negativos: Defesa em geral (mas dá para perdoar Otamendi, e se não contarmos com o seu erro no primeiro golo do Olhanense, Alex Sandro).




                                                                                            

    Sapunaru: Um Super Dragão

    01/09/2012

    Depois de último dia de mercado que fica marcado pelas permanências de Hulk e João Moutinho, convém não esquecer a saída de um dos jogadores mais marcantes que passaram pelo FCP nos últimos tempos: Cristian Sapunaru.

    O (ex-)lateral-direito do Futebol Clube do Porto, desde cedo se destacou pela sua garra. No entanto, o seu bilhete de entrada, era a sua enorme paixão pelo Porto (clube e cidade). Até pelo ódio ao Benfica este jogador se destacou. Recordo-me quando fui ver um clássico à Luz, e ele armou confusão no fim, que lhe valeu um vermelho. E havia quase sempre algo assim com ele no estádio lá em baixo. Neste ponto, destacou-se no famoso "Caso do Túnel da Luz", que lhe valeu (e ao Hulk) um forte castigo (foi suspenso até ao fim da época).


    Voltou em força, e foi imensas vezes titular, no Super-Porto de Villas-Boas, onde arrecadou quatro títulos. 

    No F.C.Porto de Vitor Pereira, não jogou regularmente. Especula-se que se tenha zangado com o treinador.

    No entanto, e como já referi, não vai ser pelo seu futebol que vai ficar na história do Futebol Clube do Porto, e no coração dos adeptos. Mas sim pelo seu amor a toda esta instituição. Até no palavreado, este romeno podia ser facilmente confundido como um homem da Beira do Porto. 

    A maneira como saiu foi repugnante: treinou à parte do restante plantel e rescindiu, indo para Espanha.

    Até sempre, Sapunaru. E quando te aposentares, vem juntar-te aos Super!


    Palestra: Olhanense x F.C.Porto

    Imagem

    Ora bem, meu caro Vitor Pereira, a missão é simples como tu dissestes. Meter a equipa a jogar bom futebol e fazer com que a bola entre. Espero que tenhas visto várias vezes o jogo com o V.Guimarães, e tenhas percebido que temos que jogar parecido ou melhor ainda, pois ainda há vários erros a corrigir. Compreendo que ir ao Algarve é sempre complicado, no entanto, podia ser pior. Podíamos jogar no campo habitual do Olhanense, que é sempre mais complicado do que o Estádio do Algarve, devido a vários fatores, tais como o campo de menores dimensões, e devido ao forte apoio. Assim, como o estádio em que vamos jogar tem uma lotação de, penso eu, 30 mil, o estádio vai contar com mais apoio dos adeptos portistas, e não com tanto apoio do Olhanense, como era esperado no outro estádio.

    Mantivestes os teus jogadores, portanto não há desculpas. Acredito piamente que o Moutinho não irá amuar, e acredito muito menos que o Hulk o irá fazer. Podes ter mantido o Rolando, mas esse nem convocado é, e ainda pode sair. Foi um azar tremendo teres ficado sem o Fernando, mas mete lá o Defour, que apesar de ser muito diferente, tenho esperança que jogue como jogou frente ao Braga, no Axa. Ou então arrisca as fichas todas, numa dupla Moutinho-Lucho atrás, com James a 10. Mas isto já sou eu. 

    Queremos a vitória. Queremos o tri-campeonato. Somos Porto!

    Ps: Falaremos do Sapunaru mais logo.

    Entrevista - Jorge (Porta19) - Parte 1


    Com o intuito de reforçar laços entre blogs azuis e brancos, realizamos uma entrevista com o blog portista mundialmente conhecido, "Porta19". Aqui fica:

    Como surgiu o porta 19?. 
    Em Maio de 2009, enquanto trabalhava num dos piores empregos que tive na minha vida, simplesmente porque consultava alguns blogues de futebol (o defunto Mãos ao Ar, sportinguista, era um dos preferidos) e achei que era altura de arrancar um em que pudesse mandar cá para fora as minhas ideias, a minha maneira de ver o jogo e acima de tudo de ver o clube. O nome apareceu porque não me quis vincular simplesmente à imagética do dragão ou do azul-e-branco, por isso optei pela porta que me dava acesso habitual ao estádio onde tinha algumas das maiores alegrias desportivas na minha vida.