• Página Inicial
  • Palestra
  • Como correu...
  • Herói da semana
  • Vilão da semana
  • Entrevista
  • Entrevista - Bibó Porto, carago !!

    20/09/2012
    http://imageshack.us/a/img831/7381/bannertopoprincipal2.jpg

     Na iniciativa iniciada com a entrevista ao Porta 19, que consiste em entrevistar os mais prestigiados blogs portistas, decidimos fazê-lo agora com o blog BiBó PoRto, carago !!

     Sem mais demoras, leia a primeira parte da mesma:

     - Como surgiu o projecto "BiBó PoRtO, carago!!"?

    Ainda antes de se me acender uma luz e deixar criar as raízes necessárias para este projecto, dizer que já muito antes que era um assíduo e devorador leitor de tudo o que era escrito por Portistas “anónimos” no primeiro blog que me recordo de existir ligado ao FC Porto, que ainda hoje se mantém “vivo” ao fim de todos estes anos, o “jurássico” Pobo do Norte.

    Eis que, chegados à madrugada do dia 25 de Maio de 2006, já cansado de navegar pela internet sem rumo certo, “nasceu” oficialmente a criança, o BiBó PoRtO, carago!! (BPc).

     


    - Quem são as pessoas por detrás do blog?

    Durante muito tempo, e porque a ideia estava deste projecto já estava muito bem amadurecida na minha cabeça, fui eu próprio, sozinho, que procurei levar a bom porto esta nau do BPc no mundo virtual, aqui e acolá, com algumas dificuldades, mas sempre com muita paixão e dedicação a uma causa que é de todos nós Portista.

    No entanto, e porque as ideias saltavam-me da cabeça a um ritmo frenético, mais que as “mães”, e estalando como pipocas em dias de romaria popular, rapidamente percebi que se queria de facto ter um espaço com uma identidade muito própria em termos de “universo FC Porto”, e prestando um verdadeiro serviço público Portista, de forma anónima e gratuita, só o poderia conseguir com apoios, com mais Portistas anónimos envolvidos neste projecto, que começado por ser um projecto pessoal, ao final dos primeiros 24 meses, se tornou tal como o ainda é hoje, um projecto conjuntos de “muitos” (colaboradores) para um “único só” (o FCPorto).
    A primeira colaboração dá-se com uma ajuda esporádica e não oficial do Meireles, para logo a seguir, e aqui, já de modo oficial e a ful, darem-se a entrada do Estilhaço e do Lucho, estes aqui que ainda hoje se mantém nesta super-nau do BPc, e sem desprimor para nenhum dos outros colaboradores, fazem comigo, em conjunto, parte da “administração” deste projecto global… mas são muitos mais os colaboradores actuais (por ordem alfabética), o Antas, o Bruno Rocha, o Calabote, o Dragon Soul, o Dragão Azul Forte, a Enid, o Escrevinhador, o Farpas, o João Salvador Rocha, a Mafaldinha, o Norte, o Pedro Marques Lopes, o Pedro Porto, o Pedro Teles, o RAM, o RCBC, o Rui Saraiva, o Tripeiro, o Zinho… como já foram em tempos mais idos ou até mais recentes, o Álvaro Costa, o Bluelife, o Bruno Pinto, o CJ, o Dragão66, a Fokinha, a Heliantia, o Meireles, o MrCosmos, o Oculto, o Paulo Pereira, o PortoMaravilha, o Sevilha03, a Sodani, o Sr_António ou o Teixeira.
    - Porque decidiu ter um blog?

    Parte desta resposta, digamos, já foi dada na primeira pergunta que me colocaram, no entanto, há sempre algo mais que pode ser acrescentado.

    Através das tais continuadas e diárias visitas ao já referenciado Pobo do Norte, a partir dali, lentamente, fui sonhando cada vez mais a sério na ideia em lançar também eu próprio o meu espaço, um espaço diferente, um espaço dedicado a todo o universo Portista, razão pela qual, a sua forma, foi sendo sempre pensada e estruturada com esse objecto, uma tentativa de levar o FC Porto a todos os Portistas.

    Incrivelmente (ou talvez não), da meia-dúzia de amigos e familiares, rapidamente chegou a muitos e muitos lares, tanto cá dentro como lá fora. Se é que dúvidas ainda existiam, num instante se esfumaram. Ainda hoje, não paramos nunca de nos surpreender, cada vez mais.

    Os Portistas, de facto, estão há muito espalhados pelos 4 cantos do mundo.

    O mundo e o orgulho Portista são imensos e inigualáveis!

    - De onde surgiu esse amor ao Futebol Clube do Porto?

    Este amor louco que sinto pelo FC Porto nasceu comigo já no berço, passe a expressão, fruto dos bons ensinamentos que recebi desde tenra idade pelo meu Pai, o grande obreiro de todo este meu sentimento.

    Com ele, e acompanhado dele, aprendi a AMAR o FC Porto.

    Ainda hoje, lembro com muitas saudades, todos aqueles furos às tardes, ainda na escola primária, quando os jogos da Taça de Portugal ainda se realizavam a meio da semana e à tarde, em que depois do almoço, era hora de montar a “motorizada” do meu Pai e toca a dar gás a caminho do saudoso Estádio das Antas, pela antiga estrada de paralelos que ligava Espinho ao Porto… bem, que saudades daqueles bons velhos tempos entre o final da década de 70 e o inicio dos anos 80, altura em que, verdadeiramente, comecei a acompanhar, a sentir, a respirar, a viver FC Porto até aos dias de hoje, e sem fim à vista.

    - Para o blog, quais são as três principais figuras do Porto, desde sempre, para que agora sejamos conhecidos no mundo inteiro pelas nossas vitórias?

    Vou partir em dois essa resposta, procurando ser curto e directo, se muitas delongas.

    Se somos conhecidos no mundo inteiro pelas nossas vitórias, isso deve-se ao nome “Futebol Clube do Porto”, ao clube propriamente dito, pois é ele que verdadeiramente acaba a ser o “rosto” de todas essas marcas inolvidáveis.

    Já quanto às figuras, inequivocamente e sem qualquer tipo de discussão, verdadeiramente duas: José Maria Pedroto e Jorge Nuno Pinto da Costa. Foram eles os grandes obreiros, aqueles que criaram as mais sólidas bases para a série de grandes êxitos que se seguiram e que ainda hoje se mantêm.

    São estas as 3 peças basilares que fizeram deste CLUBE, diferente de todos os outros, porque aqui, entendeu-se muito bem a diferença entre a MEDIOCRIDADE de jogar por algo (VITÓRIAS) e a GRANDEZA e o ORGULHO de o fazer por alguém (ADEPTOS).

    - Se tivesse que escolher um titulo, entre os imensos que o FC Porto conquistou, qual seria (dizer título, de que ano, e porquê) ?

    Bem, isto é uma pergunta difícil, mas muito difícil de responder, tamanhas têm sido as conquistas, as vitórias e os troféus do FC Porto ao longo das últimas 3 décadas, mas, verdade seja dita, há sempre uma, uma que seja, que nos fica mais profundamente na memória, que nos marca e acompanhará para todo o sempre, e essa, que me perdoem todos os obreiros/vencedores de todas as outras conquistas, mas para mim, definitivamente, Sevilha, Estádio Olímpico de Sevilha, 21 de Maio de 2003, final da Taça UEFA, como adversário, os católicos escoceses do Celtic Glasgow.

    http://imageshack.us/a/img411/3988/wallpaper1tvv.jpgMuitos já se passaram sobre Sevilha. Passou o jogo, passou o calor, passou a sede, a saga de dias e dias, passou a jornada de ziliões de emoções & mais uma, passou a loucura. Passou-se à história. Os escoceses passaram-se e as ruas da mitificada cidade da Andaluzia esvaziaram-se. Naquilo que foram excelentes notícias para a população local, voltaram a repor-se os stocks de cerveja. Já tudo se escreveu e já tudo se disse. Sevilha. Final. Taça. Nossa. CARAGO!

    Oh pá! É que Sevilha foi tudo. Foi Epopeia, foi Ilíada, foi Odisseia, Lusíadas e Ilha dos Amores em 5 Cantos, foi Mensagem e Música no Coração. Mas foi sobretudo BraveHeart e o desafio do Guerreiro em Momentos de Glória. O Mundo a Nossos Pés. Foi e é a Insustentável Leveza do Ser. Foi filme, foi épico, foi comédia, foi ópera lírica, foi fábula, conto de mil e uma noites... foi Pullitzer, Nobel, Emmy, Florbela Espanca e Shakespeare. Foi obra!

    Apesar da imaturidade do Postiga, apesar do Larsson, apesar da obstinação do Costinha, apesar da manobra de diversão do GoldPalace Casino.com (click here! click here!), apesar da lesão do Jorge Costa, apesar do árbitro do jogo de Lens, apesar do obtuso do seleccionador nacional, apesar da pileca do Presidente da Câmara, apesar de jogadores no very limite, apesar do desgaste e dos estiramentos … a Senhora D. Taçona acabou por ser levantada pelo melhor plantel do mundo e arredores. Isto no meio de rutilantes confettis azuis e brancos, sinónimos de vitória, glória. História.

    Aconteça o que acontecer, venha o que vier, digam o que disserem, teremos sempre SEVILHA!!!

    - O que distingue um adepto do Porto, dos demais?

    Não sei explicar o que nos distingue dos outros (até sei, mas não interessa agora para nada), mas sei bem qual deve ser o único espirito desta mágica Massa Adepta do FC Porto:

    Sempre Orgulhosa.
    Com cultura de luta e garra.
    Com cultura de exigência.
    Com cultura de ambição.
    Com cultura de vontade.
    Com cultura de não aceitar desculpas esfarrapadas.
    Com cultura de dar a cara.
    Com cultura de lealdade.
    Com cultura e paixão pelo jogo.
    Com cultura de VITÓRIA.

    Menos que isto, com toda certeza, só podem mesmo ser adeptos de um qualquer outro clube…

    - Quais são os problemas do Porto actual?

    Admito que tenho um problema em olhar para o meu umbigo, se me faço entender, porque mesmo sabendo de antemão, e tendo a firme convicção de que nem tudo o que fazem, o fazem bem, ao mesmo tempo, ACREDITO sempre que se o foi feito, foi com a melhor das intenções, nunca por nunca, com o objectivo e/ou interesse em prejudicar o clube, a instituição que é o FC Porto.

    Mesmo que algumas coisas (poucas, é verdade) não obtenham os melhores resultados, algumas opções possam ser altamente discutíveis, procuro sempre encontrar nessas imperfeições, sejam elas quais sejam, a consolação de que não podemos ficar pior.

    É pensar o futuro com a certeza que ainda somos o Futebol Clube do Porto, que amanhã teremos de ser muito mais Porto. Que temos de novo de recorrer à nossa mística como povo, de procurar os sentimentos e a identidade que nos fizeram crescer. E que teremos de encontrar Homens que partilhem desses sentimentos e dessa identidade.
    - Na sua opinião, mesmo tendo o clube vindo a realizar transferências milionárias ano após ano, porque é que nós ainda não alcançámos a plenitude financeira?

    Este, é um daqueles temas que daria pano para mangas e até diria/opinaria algo de mais concreto e não unicamente baseado em suspeições, em ouvi dizer, em contaram-me, e dizia que diria/opinaria algo de mais concreto, isto se entendesse “puto” de contas, as ditas dos relatórios e contas dos clube, da SAD, etc.
    Como não percebo, não tenho bases, não tenho conhecimentos técnicos para falar do que não sei, limito-me a observar, tentar perceber/interpretar os números e as explicações que vou ouvindo/lendo daqui e dacolá, mas não muito mais que isso, porque, aqui, é como no resto, cada cabeça, sua sentença… e opiniões convergentes ou totalmente divergentes, são mais que as mães… as há para todos os gostos e feitios.

    E agora, pergunto eu, onde é que no meio desse “folclore bocal”, está a verdade?

    Ignorantemente, como leigo apenas e tão só, mesmo correndo o risco de dizer m****, mais me valendo estar calado, também algumas vezes me interrogo como é que é possível sentir-se um aparente problema de tesouraria no clube, quando na última década, principalmente esta, foram tantos e tantos os milhões que entraram no clube?
    Quem souber, que responda… eu, não sei… mas gostava muito de saber a “verdade”, não o bate-boca de quem diz que 1+1 é igual a 1,5, outros que é igual a 2,5, quando eu só gostaria de ouvir dizer que 1+1 é igual a 2, tal como aprendi na escola primária (mesmo que dando uns furos a à tarde a meio da semana para ir ver o FC Porto às Antas), mas isso, acredito, é difícil, quase como encontrar uma agulha num palheiro.

    - Como viu o mercado de transferências do Porto?

    Da mesma forma que o vejo ciclicamente em todos os outros anos, ou seja, só fazem falta os que cá estão, neste caso, os que cá ficaram, ponto final, parágrafo.

    O meu clube é o FC Porto, os meus jogadores são os do FC Porto, os meus treinadores são os do FC Porto, os meus dirigentes são os do FC Porto, ponto final, parágrafo.

    Não é preciso dizer mais nada, pois não?

    - Com a saída do Hulk, como acha que vai ser a campanha europeia do Porto?

    Vai ser igual a todas as outras anteriores até aqui, antes da chegada do Hulk, que foi apenas mais um (grande) jogador que passou pelo FC Porto e deixou marcas para quem teve oportunidade de assistir a vê-lo jogar de Dragão ao peito.

    Dizia portanto, ir ganhando jogo a jogo, fazendo a nossa obrigação mínima, dita assim, que é em termos de Liga dos Campeões, carimbar a passagem na fase de grupos, e chegados aos oitavos-de-final, tudo o que vier, é bom.

    Há que ter noção da nossa realidade e do nosso espaço no mundo do futebol europeu… é que por vezes, pelo que ouço de muitos e tantos dos nossos, fico com a sensação que anda por aí muito Portista com a cabeça na lua, em sistemas planetários completamente irreais.
    - Acha que iremos conseguir conquistar a Champions nos próximos 5 anos?

    Não, não acho. Agora, se quero acreditar que tal poderá vir a acontecer, é claro que sim, pois enquanto houver FC Porto, enquanto houver estrada, o FC Porto vai caminhar, vai lutar, vai seguir em frente, e tudo o que vier, virá por bem.

    Sei é que até hoje, já vi o FC Porto sagrar-se Campeão Europeu por duas vezes, outras duas vezes Campeão do Mundo, uma vez vencedor da Taça UEFA e outra da Supertaça Europeia, humilhar os carneiros por duas vezes por cinco a zero (uma lá, outra cá), sagrar-se dezenas de vezes de Campeão Nacional, mas também BI, TRI, TETRA e PENTA….

    Se eu achava que ia ver? Não, nem nos meus melhores sonhos.
    Se eu acreditava que algum dia acontecer? Sim, sempre vou acreditar!

    http://imageshack.us/a/img692/1493/20120824tripeiro1.jpg
    - O que acha do Vítor Pereira?

    Não percebi a pergunta. Eu não tenho que achar, nem deixar de achar, como adepto do FC Porto, tenho é que apoiar, com opinião, claro, mas apoiar, sempre!

    Vítor Pereira, porque é o actual, é o meu treinador, aqueles são os meus jogadores, aqueles são os meus dirigentes, e nós, somos os adeptos, a quem cabe, apoiar, apoiar, apoiar, apoiar e apoiar.

    Tudo o resto, são assuntos para debatermos em privado… não em público.

    - Acha que temos o futuro assegurado relativamente a  talentos no plantel?

    Sim, claro que sim. Historicamente, é este o nosso modus-operandi em termos de gestão desportiva no futebol, ir buscar juventude, trabalhá-la, dar-lhe maturidade desportiva e quando estiver suficientemente “maduro”, vendê-lo por muito bom preço… e recomeçar o processo com outras promessas que possam estar já em fase de adaptação ou de maturação.

    Alguma vez foi diferente? Não!

    Se é o melhor modelo de gestão desportiva ou não, não sei, sei apenas que é com esse modelo que gestão que já tive oportunidade de viver, ver e assistir in-loco a muitos e tantas momentos épicos do meu clube que, como dizia atrás, nem nos meus melhores sonhos alguma vez tinha ousado sequer imaginar. No entanto, a realidade, mostrou-me o lado contrário, que era perfeitamente possível… e foi mesmo!

    ---
    COMENTÁRIO FINAL

    Agradecer aos administradores do AZZUL24 este convite que me remeteram para “botar faladura” nesta pequenina mini-entrevista. Poderão concordar aqui, poderão discordar acolá, mas este é o meu sentimento, o meu modo de vida “FC Porto”. Se foi do vosso agrado, óptimo. Se não foi, “temos pena”, mas que fazer?!

    Por fim, agradecer a todos vocês que diariamente nos visitam e acompanham nesta viagem, com um enorme e sentido OBRIGADO.

    Continuamos a contar convosco para o resto desta viagem que ainda agora começou, com a certeza que também poderão continuar a contar connosco.

    BiBó Porto, carago !!
     --------------------

    Aproveitamos esta deixa, para sermos nós, o Azzul24, a agradecer a disponibilidade de um dos melhores, sendo que muitos dizem ser "O Melhor", blogs portistas da atualidade.

    Agradecemos também ao leitor a confiança que depositaram em nós neste projeto que ainda agora começou e ainda tem muito que creser.

    Esperemos que tenham gostado de tudo até agora!
     

    4 comentários:

    1. ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...:

      parabéns! pela iniciativa e pela entrevista (muito bem conduzida, com perguntas pertinentes)!

      assim é que é e deve de ser ;)

      abr@ço
      Miguel | Tomo II

    1. Anónimo disse...:

      Excelente entrevista.Muito boa, quer nas perguntas quer nas respostas. Estão de parabéns! Celso

    1. Mafaldinha disse...:

      Excelente entrevista, parabéns ao entrevistador e ao entrevistado...;)


      BIBÓ PORTO

    1. Anónimo disse...:

      Grande entrevista!

    Enviar um comentário