• Página Inicial
  • Palestra
  • Como correu...
  • Herói da semana
  • Vilão da semana
  • Entrevista
  • Como correu...: F.C.Porto 4 x 0 V.Guimarães

    25/08/2012
     

    Aconteceu no Estádio do Dragão um excelente jogo de futebol por parte do Futebol Clube do Porto. Vitor Pereira deu forte nos jogadores, para nos fazer esquecer a tristeza do passado Domingo, e o resultado foi excelente. Uma vitória muito convicente no Dragão, por quatro bolas a zero, frente ao V.Guimarães, com golos de Lucho, por duas vezes, Hulk e Jackson Martínez de penalti à "Panenka".

    Vitor Pereira colocou, desta vez, todas as peças no seu lugar, tornando o onze inicial diferente: sairam James, Mangala e Miguel Lopes, para a entrada de Atsu, Alex Sandro e Danilo. E que diferença causaram, principalmente os dois últimos, pois estes deram uma profundidade ofensiva, que os seus "antessessores" não conseguiam dar, ajudando, e muito, para que este resultado volumoso fosse construido.

    O Porto entrou em campo e desde cedo meteu em prática aquilo que pretendia, adotando uma intensidade de jogo mais intensa, metendo mais velocidade, controlando com uma posse de bola intensa (que se traduziu em números perversos no intervalo e no final do jogo), e subindo mais a defesa, o que possibilitou que fizessemos várias recuperações ainda no meio-campo adversário.

    O primeiro golo chegou no decorrer da primeira parte, numa excelente iniciativa de Lucho Gonzalez, que num ressalto do seu mesmo passe falhado, fez com que a bola entrasse na baliza de Douglas, num exelente gesto técnico. Após este golo, a qualidade desceu um bocadinho, mas o controlo dos Dragões continuou a ser astronómico.

    No início da segunda parte, voltou, ainda que apenas durante 10/15, o Porto apático de tempos recentes. No entanto, a equipa despertou rapidamente, e meteu novamente velocidade no encontro, e o segundo golo chegou, numa autêntica bomba de 115 Km, pelo Incrível Hulk. Depois desse golo, os nossos entusiasmaram-se mais ainda e os outros dois golos chegaram rapidamente. O primeiro destes dois, foi o segundo na conta pessoal de Lucho, que após o remate de Atsu, conseguiu posicionar-se a tempo, após um sprint fantástico, e enconstou para as redes adversárias. O segundo, veio num penalty convertido por Jackson Martínez, que fez uma deliciosa Paneka. Deu ainda tempo para mais algumas oportunidades, que podiam muito bem ter terminado em golo.

    Se a equipa der seguimento a esta exibição, e não à do passado Domingo, podemos esperar muita coisa boa!
    http://img43.imageshack.us/img43/5314/vlcsnap2012082523h17m04.png

    Algumas notas:

    - Controlo de jogo e posse de bola com números astronómicos por parte do Porto (75% no intervalo, 71% no final da partida)

    - Não se devem repetir os minutos iniciais dados ao Vitória , na segunda parte (e após o primeiro golo)

    - Deu para ver no final, e finalmente, James a 10. Que regalia. Espero ver no futuro mais disto (era bom arranjar solução, que não implicasse a saída de Lucho...)

    - Danilo e Alex Sandro dão uma profundidade e verticalidade muito boa.

     Melhor em Campo:

    Lucho  Gonzalez - Esteve exelente até as pernas darem. Recuperou bolas cá atrás, foi até à frente, fez exelentes passes (ainda que com um ou outro errado), fez dois golos. Se continuar assim, pode-se utilizar a expressão :  este é como o Vinho do Porto, quanto mais velho melhor!

    Menções Honrorosas: Alex Sandro e Hulk.

    0 comentários:

    Publicar um comentário