• Página Inicial
  • Palestra
  • Como correu...
  • Herói da semana
  • Vilão da semana
  • Entrevista
  • Análise de Plantel: Guarda Redes

    20/07/2012


    Iniciada a pré temporada, depois de um verão calmo no que toca a transferências (consequência da grande competição a nível de seleções), é-nos possível, finalmente, começar a vislumbrar qual vai ser o plantel do Futebol Clube do Porto para a época que se avizinha.

    Sendo assim, é importante começar escrutinar e a analisar as opções e os recursos humanos que o plantel possui para as diversas posições.
    Hoje, o azzul24 vai analisar a posição mais ingrata desta grande modalidade que é o futebol. A posição de guarda redes. O guarda redes é aquele que nunca, mas nunca pode falhar. Se falhar, as hipóteses de a equipa sofrer golo são de 99%. É por isso que se deposita grande confiança nos guarda redes. É por isso que é necessário, para qualquer grande clube, possuir um guarda redes que faça a diferença. Porque os guarda redes também podem fazer a diferença. Muitas vezes são eles que, mesmo não marcando, dão as vitórias aos clubes.

    E à partida para a época que se avizinha, o Porto possui quatro jogadores para essa posição:
    - Helton
    - Bracalli
    - Fabiano
    - Kádu



    É precisamente um guarda redes desses que referimos que, felizmente, o FCPorto possui. 
    O senhor da foto acima, Helton, que vai para a sua oitava época à frente das redes azuis e brancas, para além de um grande guarda redes, com uma grande capacidade de comunicação, agilidade e jogo de mãos, é também um grande líder. O campeonato passado passou, em grande parte, pelas mãos deste senhor. Perdão, este Senhor. Com S grande. S. Helton. Sim, às vezes também passa por São Helton.

    No outro extremo, Kádu. Aquele que augura ser o futuro das luvas azuis e brancas. É guarda redes dos juniores e será para manter como terceiro guarda redes. Tal como na época passada, não há nada que enganar. O miúdo precisa é de crescer em casa, com calma. E sentir o carinho dos adeptos. 

    E se a duvida ainda se pudesse levantar, o esperado é que Bracalli continue a ser o segundo guarda redes e, quiçá, o guarda redes para as competições "inferiores" como a Taça de Portugal e a Taça da Liga.

    Assim, só resta Fabiano. Com o futuro incerto até... hoje. Como já foi referido pelo Azzul24, no artigo anterior, o Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol chumbou o fim dos empréstimos entre clubes do mesmo escalão, tornando-se viável o planeado. O empréstimo, por mais um ano, de Fabiano ao Olhanense.
    Assim, só resta Fabiano. Com o futuro incerto até... hoje.

    0 comentários:

    Publicar um comentário